14/05/16

A caixa de sonhos


https://pixabay.com/




Eis que chega aquele dia em que a pessoa resolve ir buscar a caixa onde meteu seus sonhos e, que só abrira em algumas raras noites de insónia em que os fantasmas do dia-a-dia e as assombrações da noite lhe deixavam espaço para divagar e sacudir o pó acumulado sobre a tampa. Agora, de tanto tempo sem conviver com eles, já nem se lembra que sonhos sonhara...




32 comentários:

Andreia Morais disse...

Não nos podemos esquecer dos nossos sonhos!

r: Muito obrigada :)

Guaraciaba Perides disse...

A caixa onde guardamos os nossos sonhos costumamos chamar de alma...ficam como que esquecidos mas na verdade estão bem guardados.
um abraço, Carmem, paz e Bem!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, Todos temos uma caixa de sonhos nunca partilhados, sonhar é bom, concretizar os mesmos é perfeito.
Boa semana,
AG

Luis Filipe Gomes disse...

Acontece-me com os meus desenhos. Ás vezes não parece ter sido eu quem os fez. Parecem-me melhores hoje do que me pareceram na altura em que os desenhei. Com os sonhos parece passar-se o mesmo.
Ainda bem que há caixas onde se podem guardar. Tal como hoje, elas provar-me-ão amanhã que os desenhos de hoje que abandono, são muito melhores do que agora posso compreender. E assim talvez também se passe com os sonhos.

ReltiH disse...

MUY SIGNIFICATIVO TU TEXTO.
ABRAZOS

Patricia Merella disse...

Abrir esta caixinha de tempos em tempos faz um bem enorme!
Feliz semana,beijinhos

Célia Cavaco disse...

Os sonhos por vezes visitam-nos,sempre que o sono se afasta...

Um final de domingo,pleno de serenidade!

Gracita disse...

Impossível viver sem sonhos!
São eles a mola propulsora que nos faz caminhar e perseverar na busca dos nossos objetivos
Uma semana de paz e serenidade, Carmen
Beijos

VictorNanny disse...

Oi, Carmem!
A pior coisa não é só buscar a caixa nas noites de insônia, mas, é não se lembrar dos sonhos, ou encontrar a caixa vazia!
Um forte abraço, amiga!

Nadja disse...

Amiga,

Assim que acabei de ler o que você escreveu, disse um palavrão. No bom sentido, é claro!
Puta merda! E não é verdade?
Por isso a gente nunca deve guardar os sonhos. Seja na caixa, na gaveta, ou em qq outro lugar.
Hoje disse ao meu marido o seguinte: Não diga sonho, mas planejamento.
Sonho parece distante, quase nunca se realiza. Planejamento é mais próximo da gente.
Menina, você escreve bem pra caramba!

Linda semana!

Bjks

Bergilde disse...

Sonhos nos mantêm vivos também e quem disse que não se realizam?! Mas,para tal é preciso também realmente neles acreditar!Beijos,bom dia e uma ótima semana!

Isa Sá disse...

A vida também é feita de sonhos...

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Graça Pires disse...

Os sonhos que parecem perdidos apenas se transformaram noutros sonhos porque não podemos viver sem eles...
Beijo, Carmem.

Edna Lima disse...

Como disse um dia Oswaldo Montenegro:
"Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!"
Os sonhos mudam de prioridade Ou mudamos nós..
Obrigada pela visita e pelo belo comentário.
Continuo limpando o pó da minha caixa de sonhos.
Bom dia.
Abraços. Edna.

Avelã disse...

Vim retribuir a visita e conhecer este blog tão giro!
Acho que na vida moderna o esquecimento de sonhos antigos é um risco a que nos expomos demasiadas vezes... ;)

heretico disse...

"sonho de Sonho" - assim os poetas.

Minhas Pinturas disse...

Olá querida Carmem: Deve trazer vários tipos de sentimentos abrir a caixinha de sonhos. Eu nunca tive uma caixinha de sonhos. Meus sonhos alguns perderam-se no limbo, outros realizados, outros ainda esperando, mas se a tivesse e a abrisse talvez chorasse ou risse, ou eu mesma os enterrasse,ou os recriasse pois sonhar é preciso, sonhar é viver.
beijinhos, Léah

Elvira Carvalho disse...

Não se pode viver sem sonhos. A vida não tem valor, nem objectivos, se não há sonhos.
Um abraço e uma boa semana

Suzete Brainer disse...

Sonhar é simples
e nem todos os sonhos são impossíveis,
colorir na memória é uma bela forma
de deixar a vida trazer de volta...


Bjs.

Maria Gloria D'Amico disse...

Portanto, que eu já não guardo nada, já passei deste tempo de guardar para ocasiões especiais.
O agora é especial e eu sou especial, uso tudo o que tenho, seja novo ou antigo.
O sonho é agora!
Beijo querida!

Toninho disse...

Viver é sonhar.
Eu carrego comigo os sonhos embrulhados em papeis coloridos..
É certo que às vezes eles escapam. mas logo outro vem ocupar.
Uma linda semana Carmem.
Carinhoso abraço de paz e luz.
Bju

Boop disse...

… e não é fácil encontrar novos sonhos…
Geralmente há pessoas que nos ajudam, do nada, sem estarmos à espera, de encontrar velhos ou novos sonhos.
:)
Beijo

Ana Freire disse...

Infelizmente... é mesmo assim!...
Por vezes a vida... adormece-nos os sonhos...
Quatro linhas... que dizem tanto!
Muitos parabéns, Carmem! Um texto curto... mas carregado de sabedoria!...
Beijinhos
Ana

Emília Pinto disse...

Que bela caixinha de sonhos, Carmem! Nao tenho caixinha de sonhos...nunca fui muito sonhadora e só me lembro de ter um sonho que felizmente, realizei; lembro de ter sempre a certeza de que quereria ser mãe; dizia muitas vezes que não pudesse ter filhos por algum motivo, adotaria. Agora, tenho muitas caixinhas de recordações, bem guardadinhas nas prateleiras da memória; umas estão lá mofadas e empoeiradas porque nem sequer as quero ver, mas outras de vez em quando saiem de lá; com carinho, desamarro a fita de seda, tiro o papel brilhante, abro a tampa e lá saiem aqueles belos momentos do passado; depois de alguns sorrisos, uma lagrimazita, lá as volto a colocar, com muito cuidado a minha caixinha.
Mas sonhos todos nós devemos ter e se calhar até os tenho; deve ser uma questão de interpretação da palavra sonho. Seja como for, adorei esta tua caixinha e não sei como passei aqui sem a ver. .. não importa.. encontrei-a agora e foi muito gostoso este encontro. Beijinhos, Carmem.
Emilia

Odete Ferreira disse...

Quanta verdade neste belo, sentido e desalentado texto.
Por isso, nunca devíamos colocar os sonhos de lado.
Um texto que faz/me fez refletir.
Bjo, Carmen

manuela baptista disse...

não faz mal, os sonhos lembram-se sempre de quem os sonhou


Pedrasnuas disse...

Uma caixa cheia de lar...lá dentro, odor, imagens, vozes, risos, canções, memórias queridas e inesquecíveis!

Bj
" Há palavras que nos beijam.Como se tivessem boca" _ Gostei!

Fê blue bird disse...

Não podemos deixar que a caixa dos sonhos ganhe pó amiga Carmem.
Bonito este momento.

Um beijinho grato

Tais Luso disse...

Os sonhos não realizados, servem num certo momento como um agente motivador. Se não forem realizáveis, vejo como um momento agradável que passou. O importante é sonhar, idealizar...Eu sonho, mesmo sabendo que não será possível, mas passo momentos agradáveis. Minha imaginação corre. O pior é quando invento de compartilhar meus sonhos, meus projetos. Até eu acho graça no final. O certo é guardarmos na caixinha para lembrar de cada um na noites de insônia, madrugada adentro. Ficam como histórias da minha vida.

Um beijo, Carmem!

Crocheteando...momentos! disse...

Tenho a certeza que alguns dis meus sonhos esqueci...mas por certo outros firam criados!
Bj

Bia Hain disse...

Olá, Carmem, como vai? Vim agradecer sua visita ao meu cantinho e me deparo com esse lindo escrito. Manter vivo os sonhos para que não se percam em alguma "caixa" dos nossos sentimentos... muitos se deixam dominar pelo medo e o medo nos afasta do que realmente importa. Coragem, sempre... abraços!

Lia Noronha disse...

Carmem: essa caixa deve ser guardada em nosso coração...para que não a percamos pela vida a fora.abraços carinhosos a ti querida.