29/03/14

Rir porque sim!





Quando eu era menina

ria, ria muito.

Ria porque sim.

Adorava rir e ria de tudo,

porque de tudo se alimentava o riso.

E tudo me fazia bem.

Ria do nada.

E nada me fazia mais feliz.

Tinha a felicidade na mão

sem saber o que isso era.


Sem reconhecer o dom,

à minha mãe assustava

tanta alegria vinda do desatino...

que jubilar sem razão

não teceria bom destino e,

pedia aos céus

que guardasse eu o siso, pois que

quem tem muito de riso,

tem pouco de juízo.


Mas o viço da primavera

chapinhava na moral,

a vontade de rir

persistia

a semear cor

em terra de cinzento decoro.


Enfim, veio o tempo

que desenraizou de mim

a vontade de rir.

Sem querença,

acabei me esquecendo do riso.



Mas esta manhã,

visitou-me a vontade

e contou-me, em segredo,

que o riso

não se quer rogado.

Quero reaprender a rir.

Quero recuperar essa alegria

que só criança entende:

rir por rir,

rir sem ter porquê,

rir sem pudor,

rir porque sim,

rir pelo simples prazer,

porque se juízo, já não o tenho,

que eu viva o riso.

Que eu ria com a alegria

mais desavergonhada

que a satisfação de rir

me puder dar.





15 comentários:

Dorli disse...

Oi Carmem
Eu procuro rir bastante, rio escandalosamente quando acho graça.
A vida já é uma dureza, então, vamos rir dela também
Uma linda noite
Bom domingo
Beijos
Lua Singular

manuela barroso disse...

Ola Carmen,
Mas que delicia de mensagem! E porque nao reaprender oque a vida se encarrega de fazer esquecer? E ja viu o ditado que diz E que e alegre congrega mais gente a sua volta? Pois ria minha amiga e se puder...reparta os seus sorrisos!
Beijinho

LUCIENE RROQUES disse...

Belo discurso poetico sobre rir. Sempre imagino que rir é estado de espirito e você não precisa aprender a rir, basta apenas se lembrar de como era e é fácil sorrir; e soria, pois sorrir faz muito bem!
Felicidades Carmem.
Agradeço as palavras em minha página.
Tenha um bom domingo.
Um grande abraço!

Meri Pellens disse...

Eu nunca fui muito de rir de modo geral, pois desde sempre tive muita carga nos ombros. Hj em dia até que rio mais, na medida que vou ficando desajuizada kkkkkkkkkk...
Bjs.. MP.

Dorli disse...

Oi
Passando para desejar-lhe um bom domingo.
Obrigada pelo carinho
Lua Singular

© Piedade Araújo Sol disse...

olá

eu também gosto muito de rir, e costumo dizer que a meu lado tudo tem de estar alegre.

mas nem sempre se consegue isso, claro.

ah! e também gosto de gatos!

obrigada!

:)

PERSEVERÂNÇA disse...

Minha querida que mimo de página!venho agradecer por você fazer parte do Perseverança.
Espero em breve estar melhor para colocar novas postagens, ideias não faltam rsss.
Beijinho em seu coração.
Nicinha

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Carmem,como é bom sorrirmos quando crianças e quando adultos também.
Adorei seu poetar.
Bjs e obrigada pela visita e comentário.
Carmen Lúcia.

Anne Lieri disse...

Que beleza de poesia,Carmem! E infelizmente, os adultos podem mesmo mudar o jeito feliz de uma criança! Bjs,

Marisa Giglio disse...

Carmem , há um ditado popular que afirma ser o riso o melhor remédio para os males da alma . Concordo . O
riso deixa a vida menos opaca .Ter senso de humor e dar risada faz bem à saúde . Eu lhe desejo muito riso . Beijos e boa semana

Arte & Emoções disse...

Oi Carmem! Quem sabe, talvez o fato da criança não estar ligada às más notícias do nosso cotidiano, às maldades do mundo e, ainda, livre do peso da responsabilidade sobre os ombros para se manter no dia-a-dia, lhe propicie essa felicidade que lhe faça rir constantemente. Lindo e profundo. Adorei!

Beijos e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado.

Graça Pires disse...

"Rir porque sim". Muito bom. É bom ser alegre e rir... Faz bem ao coração.
Beijo.

Tina Bau Couto disse...

Rir por porquês
E porque sim
Rir nem que seja forçado
Como na canção de Djavan

"Sorri
Quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos, vazios

Sorri
Quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri
Quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados, doridos

Sorri
Vai mentindo a tua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz"

E treine, busque, se provoque e evoque sorrir com gosto, sorri do pouco, de nada

Um mês de abril veranil e sorridente e uma semana abençoada para vc :)

Amara Mourige disse...

Uma das coisas mais gostosa é rir e ver uma criança sorrir!
Teve um tempo que eu não conseguia rir,mas o Pedrinho me fez voltar a sorrir!
Vamos sorrir e não ter a vergonha de ser feliz!
bjs
Amara

Ivone disse...

Amiga Carmem, vim conferir o seu lindo poema sobre o riso, amei ler, pois é minha amiga, já ouvi pessoas dizerem que quem ri à toa não tem bom senso, mas eu jamais acreditei nisso, pois rio de tudo mesmo, sou pisciana do "lado bom", rsrs, pois é, tem disso também, pois dizem que pisciano do "mal" é ardiloso demais por ser um signo de pessoas inteligentes,não sei também, as pessoas dizem e dizem e ouve quem "não tem juízo", eu tenho juízo e não ouço nada do que dizem,rsrs!
Minha amiga, que bom essa interação, sempre aprendemos uns com os outros, aqui aprendo muito também!
Abraços apertados, obrigada pelo seu carinho lá no meu espaço!