06/07/14

Tu e eu


https://pixabay.com/



Vens devagarinho…
Insinuas-te num sussurro ao ouvido…
Trazes-me na língua
o delírio
que me percorre todo o corpo.
O bater
do teu coração no meu peito
faz o meu sangue
correr mais depressa
até à seda que se abre generosa para ti.
E quando tacteias nesta seda
em busca da foz
onde desaguar teu rio
é um prazer só!
E se me devastas
a floresta
onde me escondo,
eu gemo
dum gemer de só querer.
Depois,
quando, na escuridão,
encontras o caminho em mim,
me abres e preenches
o meu vazio.
É o troféu
que me trazes:
são os louros da glória!
E então,
derramas-te inteiro…
e te sinto esvaindo…
e aí,
tu não és mais tu
e eu não sou mais eu…
tu és o orvalho,
eu sou o jardim,
tu és o sol,
eu sou a luz.
Tu e eu
somos um gozo só.





9 comentários:

MarTI disse...

dos , uno y un conjunto de emociones
de méxico rosas para ti , feliz semana

José Carlos Sant Anna disse...

Esse movimento ritmado do amor, essas pausas... este novo corpo, único, como o gozo. Que mais dizer? Belo poema, haja sensualidade...
Abraços,

Miguel disse...

PUBLICADO HOJE NO MEU BLOG
Quero, aqui, agradecer a toda(o)s que vieram desejar-me as melhoras.
Não vou nomear ninguém – seria, no mínimo, pouco elegante da minha parte. Mas irei levar este agradecimento aos respectivos blogs.
Como já estou bastante melhor, embora ainda não tenha recebido “alta médica”, continuarei a responder, nesta minha/vossa casa, a cada comentário recebido (por ordem de chegada), como fazia anteriormente à minha doença.
Não será tão rápido como eu desejaria, mas fá-lo-ei, dentro das minhas possibilidades, o mais depressa possível.
A toda(o)s o meu “muito obrigado!”
Beijo
Miguel

Clau disse...

Oi Carmem,
Poema bonito e sensual,
com metáforas apropriadas...
Gostei.
Beijos!

SOL da Esteva disse...

O que torna o Amor único, é a fusão do Espiritual com o Material.
Consegues tornar permanente esse climax.
Parabéns.




Beijos


SOL

Graça Pires disse...

Muito belo, este poema de amor e sensualidade...
Beijo.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Encantado pelo lindo poema amoroso, quem vai devagar chega rápido ao desejado, o amor não deixa que a vagareza cause atrasos.
Fique bem
AG

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Manuel disse...

Os seus poemas tem magia e são profundamente apaixonados.

© Piedade Araújo Sol disse...

ternura e sensualidade....

:)