06/05/15

Ó amor!




Ó amor idolatrado!
Tanto do que te cantam
São lágrimas de abandonado.
Por te quererem
Tantos choraram,
Tantos filhos nasceram,
Tantas mães lamentaram.
Quanta vida por viver
Quando a alegria deixou de ser.
Terá valido a pena?
Que o diga
Quem amou.
Se para passar pelo amor
Riu e chorou,
Conheceu tormenta e dor,
Pediu a Deus,
Inverteu o santo,
Perdeu-se na espera,
Não usou véu nem manto,
Culpou os céus, por fim,
Dos pecados seus.



43 comentários:

✿ chica disse...

Intensos e lindos teus versos! bjs, tudo de bom,chica

Minha vida de campo disse...

Que lindo poema, parabéns pelo precioso dom. Assim é a vida enquanto uns riem outros choram, mas vamos em frente que a felicidade está chegando. Fiquei muito feliz com sua visita.
Bjos tenha um ótimo dia.

Ivone disse...

Que lindo, pois é, o amor, sim acho que tudo por amor vale a pena, seus versos me encantaram, muito bem colocados linda amiga Carmem!
Abraços bem apertados!

Ana Freire disse...

Amor e sofrimento... por vezes, dois sentimentos tão interligados... por vezes pensa-se em evitar o amor, para não sofrer... e contudo... acho que só não sofre, quem nunca amou...
Fantástico poema... e uma escolha de imagem, sempre super bem adequada, harmoniosamente conjugada com as palavras...
Como sempre... uma combinação perfeita!
Beijos
Ana

Catarina disse...

O grande amor idolatrado... : )

Andrea Liette disse...

Será o amor ousadia, libertação, ou pecado ? Um poema ritimado! Beijo, Carmem.

Fê blue bird disse...

Um amor idolatrado assim nem sempre tem um final feliz.
Belo o seu poema.
Um beijinho amiga Carmem

Miss Smile disse...

Carmem, gostei muito do seu poema. Uma reflexão poética sobre o amor que reúne sempre uma antítese de sentimentos. Gostei do calor vindo deste lado do sol e vou voltar mais vezes:)
Um beijinho

As Mulheres 4estacoes disse...

Amor tem que ser leve, quando vira idolatria, acaba machucando.
Lindo seu espaço,
Abraços

redonda disse...

Gostei.
Vim retribuir a visita e descobrir o seu blog.
Gábi

O meu pensamento viaja disse...

Eu - eterna romântica - acho que sim! Que quem se dispõe a amar, se dipõe a padecer. Porém, é tão bom, enquanto dura!
Beijo

Lourdinha Vilela disse...

Um Show!! Esses seus versos. Amar sempre vale a pena. Jogado aos pés ou nas nuvens. Alegre ou triste. Parabéns Carmem . Um poema muito bem elaborado,
Adorei.
Um lindo final de semnana.

Benó disse...

A vida é assim mesmo. Riso, choro, alegrias, tristezas. Se não nos picássemos como saberíamos o que era a dor?
Tudo vale a pena para termos uma vida plena.
Gostei de por aqui passar e o Jardim agradece a visita.

Vento disse...

se quando cheguei ao mundo a luz do sol não me tivesse iluminado e aquecido, eu teria seguramente morrido de seguida :)

tão grata por ter-me visitado!
- passei numa corrida pela primeira página: adorei a tranquilidade, o carinho
- passeei o olhar pelas etiquetas: tem de tudo quanto eu gosto e me faz bem

sou de sol, de chuva, de vento, de natureza, animais, de tudo quanto é belo, a que a gente estende a mão e toca e sente sem palavras nem sentidos obscuros.

gostei daqui, voltarei, talvez silenciosa, muitas vezes, ando atrás do meu dicionário das ternuras que esqueci, faz tempo, não sei onde...:)

beijinho, Carmen, até logo.

SOL da Esteva disse...

...Pessoa não faria melhor a partir do Poema original.
Uma bela forma de parafrasear o Poema "Ó Mar..."
Estás de Parabéns.


Beijos


SOL

MARILENE disse...

Mesmo que não termine em risos, tenho que amar sempre compensa. São as expectativas muito altas, o sonho desmedido, que provocam as frustrações. A beleza da vida está no abraçar o sentimento, mas sem tirar os pés do chão (rss). Bjs.

Vera Lúcia disse...


Olá Carmem,

Dizem que amor não combina com dor, mas dificilmente alguém ama sem sofrer. De qualquer forma, o amor sempre será um presente e valerá à pena. Como canta Roberto Carlos, na música 'Emoções': "Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi."

Muito lindo.

Beijo.

greentea disse...

há amores assim ...
outros , não !!

Willmondes disse...

Oi, Carmem.

Só o amor inspiraria um poema tão vívido como esse.

Adorei.

Um abraço!

Justine disse...

Sorri com a homenagem a Fernando Pessoa!
Um abraço e obrigada pela sua visita ao "Quarteto"

teresa dias disse...

Olá Carmem,
Agora que descobri o seu lado do sol e gostei do que li, vou voltar muitas vezes.
Abraço.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Muito belo o amor é mesmo assim sofrimento e prazer.
Uma abraço e bom fim de semana.

Laura Santos disse...

Excelente poema, que me parece ter sido inspirado no Mar Português de F. Pessoa, mas numa outra perspectiva. Amor terá de rimar sempre com dor na nossa Língua, sobretudo se idolatrado!
Parabéns, Carmem. Muito belo.
xx

Diana Fonseca disse...

O amor é algo mesmo muito forte.

Vou seguir. Agradeço, desde já, caso faça o mesmo.

P' disse...

Lindos versos sempre com perguntas pertinentes e verdades presentes :)

ReltiH disse...

UN POEMA MUY, MUY BELLO!!!!
ABRAZOS

Lia Noronha disse...

O amor como expressão maior..nessa vida tão bela de viver!! abraços a ti.

Maria Rodrigues disse...

O amor nas suas variantes facetas, um sentimento tão complexo e tão belo.
Lindo poema.
Beijinhos
Maria

Lilly Silva disse...

Olá Carmem!!! Que lindo! Amei!!!
Tenhas um lindo fim de semana!!!
Beijos e beijos

http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

© Piedade Araújo Sol disse...

amar vale sempre a pena.
a foto muito bem escolhida.
bom fim de semana.
beijo
:)

Nadja disse...

Olá Carmem!

Que versos lindos!
O amor causa dor e alegria.
Mesmo assim é motivo de idolatria.
Pois só que amou sabe o que é isso.
Grata por encantar a minha noite!

Lindo finde!

Bjksss

Gracita disse...

Amor e dor são sentimentos que caminham juntos. Mas toda forma de amor é válida e as lágrimas derramadas faz parte dese dueto
Belíssima composição poética
Que o seu domingo seja mágico e poderosamente abençoado
Beijos

manuela barroso disse...

Terá válido a pena?
Não será por a alma ser pequena. Antes porque vai para além da dor. E do amor.e vale a pena ?
As contradições do amor , quando se espera retribuição !
Para refletir , Cramen
Beijinho meu

Marisa Giglio disse...

Carmem , belíssimo poema . O amor e todas suas possibilidades . Você sempre nos presenteando . Obrigada pela partilha . Beijos

Manuel disse...

Fiquei sem palavras.
Pura magia!
Lindo, inspirado e intenso.
Parabéns!

Jeanne Geyer disse...

muito belo, conseguiste captar a energia do amor que é imensa, tantas vezes de difícil tradução, amei!!! bjs


http://metamorfosearsemmedo.blogspot.com.br/

Lilasesazuis Gata disse...

Sim, vale a pena, sempre vale a pena amar.

Não deu certo?

Recomecemos...há novos amores logo adiante, mas...nunca culpar alguém...

beijinhos, Carmem,

Lígia e =^.^=

Graça Pires disse...

Um poema feito na toada do poema de Pessoa e contendo tanto encanto e desencanto do amor...
Um beijo, Carmem

Clau disse...

Oi Carmem :)
Gostei da imagem que ilustra a postagem...
Amor, rima com dor,
mas vale a pena!
Ótima semana \o/
Beijos!

Elvira Carvalho disse...

Boa inspiração fez um bom poema.
Um abraço e fique bem

MARIPA disse...


Boa noite,Carmem

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena", e a sua é grande, rica , talentosa. Sensível ao amor e à dor.

A magia da palavra num poema belo.

Beijinho,querida.

Cristina Cebola disse...

Gostei muito do poema...
Vale sempre a pena o amor, independentemente das voltas que se tenham que dar...

Beijinho meu Carmen

EU disse...

Emocionante, tal como me emociona qualquer poema que se dirija veementemente a algo causador de dor. Belo!
Não sei se foi intencional, mas este poema reporta-me de imediato ao nosso Fernando Pessoa e ao poema "Mar Português", da Mensagem. Está-nos na memória...
BJO, Carmen :)