11/03/15

Eu seria boa gestora. E você?

O BES, a PT, etc

Como é que as coisas não haviam de correr mal...
Ninguém foi informado.
Ninguém desconfiou.
Ninguém deu por nada estranho.
Ninguém viu os riscos.
Ninguém viu o caso a perigar.
Ninguém desconfiou de ninguém nem de nada - tão crédulos os nossos senhores gestores.
Resumindo e concluindo:

N I N G U É M     S A B I A     N A D A


Se não toda, quase toda a gente sofre de falta de memória. Será vírus?
Tem um que nem se lembra de ter agarrado, ou ter dado fé de quem agarrou, em 5oo milhões de euros e os investiu num barco furado. Coitado do homem. Há que ter verdadeiramente pena de seu estado de saúde, apesar de o senhor alegar "sã consciência".
Além de que, tem sérias dificuldades de entendimento, vá-se lá saber se deve-se a algum problema cognitivo ou a uma certa falta de conhecimento da língua materna - é natural que um senhor tão viajado esqueça como se fala português claro. O mais interessante é que um quesito reconhecido na sua liderança é justamente "privilegiar a comunicação" - como se pode constatar neste artigo aqui onde se pode ainda conhecer o método de liderança do senhor, é interessante de ler...

Conclusão:
Por que é que andam a chatear os homens?
Eles não ganham para estarem aqui a responder a questões tããããão difíceis.
Eles já deixaram bem claro que estão, todos eles, INOCENTES.
Para que investigar? O caldo já está entornado, e está. Não vai dar para recuperar nada: é passar o chão a pano e andar pra frente.

Porém, tal como a nossa maravilhosa deputada Mariana Mortágua, eu gostava de entender como é que uma pessoa premiada como melhor CEO (presidente executivo) - tantos prémios! se envolveu neste imbróglio, sem dar por nada, sem registar nada na memória... parece a música do João Pedro Pais: "Nada de nada".

BANKSTERS - Marc Roche afirma em entrevista que o caso do BES é o "maior exemplo do mau funcionamento do sistema bancário em todo o mundo". aqui

E esta, hein?

Para onde caminhamos nós?



22 comentários:

Ana Paula disse...

Penso Carmem, que nalgum encontro desses senhores do meu país com senhores do teu país, serviram-lhes água com o tal vírus, porque cá estão todos contaminados com esse esquecimento. Ninguém sabe, ninguém viu.
Manipulam as palavras de forma tal que deveriam receber Nobel em literatura.
E ainda têm a cara de pau de virem à televisão para dizer que o que os noticiários dizem, bem, não é bem assim.
E contam a sua versão. Isso eles não esquecem.

Maria Eu disse...

Estamos entregues a uma súcia de vigaristas.

Beijo, Carmem. :)

Jossara Bes disse...

Verdade! Ana Paula, falou tudo!
Tanto aí quanto aqui, a frase da hora é "não sei de nada"! E a gente fica assim, com cara de otário!
É uma vergonha!
Beijo carinhoso!

PERSEVERÂNÇA disse...

Feliz quinta-feira!
Que postagem sensacional Carmem!
Deixo fraterno abraço.
Nicinha

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Adorei a postagem e serve para um alerta e chamar atenção de muitos,que nada sabem e nada viram.
bjs amiga Carmem
Carmen Lúcia.

Graça Pires disse...

Um texto excelente. Sinto vergonha do que está a acontecer por cá. Quadrilha de ladrões...
Beijo.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, somos um portugal governado pelos grandes interesses pessoais e que povo que se lixe, quando temos um presidente da Batata Doce que não cumpre com a constituição da republica e um primeiro ministro que é um invasor fiscal e são aplaudidos, é natural que ninguém sabe de nada e estejam esquecidos, tenho esperança que um dia o todo poderoso, Ricardo Salgado abra a boca para ver o que acontece a seguir.
AG

SOL da Esteva disse...

A excelência, actualidade e oportunidade deste texto será, no mínimo, gritante.
Gritante porque os "CEO's" não Formam pela vertente da honestidade e é disso, só disso, que se trata.
Parabéns, Carmem.


Beijos


SOL

Elvira Carvalho disse...

Em Portugal nunca ninguém sabe de nada. Somos governados a todos os níveis por ignorantes. Ou como dizia minha avó, estamos entregues à bicharada.
Um abraço e bom fim de semana

Fê blue bird disse...

Minha amiga, o país mergulhou numa total impunidade e falta de respeito destes senhores pelo povo que sofre as consequências da sua má gestão e incompetência.
Até quando vamos deixar tudo isto acontecer ?

beijinho

Ana Freire disse...

Esta doença do esquecimento, neste caso concreto BES/PT é actualmente conhecida como Síndrome de Bava... mas crê-se que haverá ainda, um número desconhecido de portadores...
Um fantástico post!
Venho agradecer-lhe ter-se tornado nossa seguidora, no artandkits.blogspot.com e é um prazer imenso vir aqui descobrir o seu blogue, Carmem!
Brevemente... no fim de semana, com um pouco mais de calma, nos tornaremos seguidores... e o seu blogue será incluído na nossa lista de favoritos.
Mais uma vez, obrigada!
Beijos
Ana

Ghost e Bindi disse...

Estão brincando com nossas vidas...para eles, somos apenas números, abstratos e distantes.
Abraço com carinho!
Bíndi e Ghost

heretico disse...

... e no entanto a "terra move-se".

beijo

Andreia Morais disse...

Excelente pergunta!

r: Sim, também seria interessante.
Beijinhos*

EU disse...

Gostei imenso de ler este teu texto! Dá-me cá uma volta ao estômago estas coisas! De repente os responsáveis de qualquer coisa, foram atacados de uma demência atroz!
Para onde caminhamos? Para lado nenhum, infelizmente. Perderam o norte!
Bjo, Carmen

ReltiH disse...

SÍ ESAS COSAS PASAN EN UN PAÍS CON DESARROLLO. AHORA IMAGÍNATE EN MI PAÍS QUE ES DEL TERCER MUNDO.
ABRAZOS

Andreia Morais disse...

r: É verdade, há mesmo!
Beijinhos*

Lilly Silva disse...

Deve realmente ser algum vírus altamente contagioso!!!...
Só sendo...
Ótimo post, ótimo texto...
Bjus mil

http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

Nyce Pinto. disse...

Pois é...quem dera você um vírus e que uma boa "limpeza" terminasse com essa "contaminação"! Apesar de tudo não podemos perder a esperança e nem a capacidade de lutar e fazer valer nosso direitos! Feliz domingo! Um abraço...

P' disse...

A amnésia nem é um vírus, acho que já é mais uma epidemia!

anamar disse...

Bom dia!

A vida portuguesa quase se resume a uma canção, "c est toujours la même chanson", e..., o homem, português, não fala. Uma espécie de "ingrês".
Um abraço e boa semana, Carmen.

Pedro Luso disse...

Olá, Carmem!
A Elvira Carvalho disse, acima, que "em Portugal ninguém sabe nada"; fiquei em dúvida se ela se referia a Portugal ou ao Brasil (aqui também ninguém sabe
nada sobre os monumentais escândalos).
Parabéns pelo belo texto.
Abraços.